Gramado tem muitos motivos e atrações para ser visitado. A cidade é mais procurada no inverno, nos meses de maio a agosto, porém, o final do ano com a chegada das festas natalinas e a decoração que Gramado recebe atrai centenas de visitantes. Citar as atrações de Gramado é uma tarefa difícil, mas para começar a falar sobre esta pequena cidade localizada na Serra Gaúcha, não podemos esquecer dos imigrantes alemães e italianos que colonizaram Gramado.

As ruas, belas e limpas, as casas e a arquitetura, os costumes algumas das heranças deixadas pelos colonizadores de Gramado. E para começar a descrever as atrações de Gramado, escolhemos outra herança deixada por seus fundadores: a gastronomia.

Café colonial de Gramado

Café colonial de Gramado

Quem viaja a Gramado não pode deixar de experimentar todas as delícias de sua culinária. E não faltam exemplos da saborosa e farta cozinha de Gramado. Os turistas encontrarão os fartos cafés coloniais, nos restaurantes podem ser degustados o fondue com diversos sabores;

Fondue típico de Gramado

Fondue típico de Gramado

nas galeterias diversos pratos da cozinha alemã, suíça e italiana. Sem falar do incomparável chocolate de Gramado, que pode ser encontrado em qualquer época do ano e não somente na Páscoa.

Em relação aos pontos turísticos de Gramado há muitos eu não podem deixar de serem visitados.
Talvez o mais famoso destes seja o Palácio dos Festivais, onde todo ano no mês de agosto circulam diversos artistas nacionais e estrangeiros. O Festival de Cinema é um dos eventos mais importantes da cidade. Outro evento que atrai turistas de todas as partes do país é o Natal Luz. Pode ser considerado como o maior evento de Natal do pais, o Natal Luz de Gramado conta com uma lindíssima decoração natalina espalhada por toda a cidade, uma iluminação especial e ainda  atrações artísticas.

Natal Luz

Natal Luz

No centro da cidade está a Igreja Matriz São Pedro, construída em 1942, o templo é todo feito de pedra e sua torre mede 46 metros de altura. Um dos cartões postais mais visitados de Gramado.
Também no centro de Gramado está a Rua Coberta, onde normalmente acontecem alguns eventos culturais da cidade e onde o turista encontra várias lojas e restaurantes.
Para quem curte coisas diferentes, a dica em Gramado é visitar dois lugares:
O Mini Mundo, que trata-se de uma réplica com 134 obras de castelos e casas européias.  As crianças adoram e o Hollywood Dream Cars, uma exposição permanente de carros e motos antigas. Uma excelente sugestão para os apreciadores de carros e motos.

Mini Mundo em Gramado

Mini Mundo em Gramado

Para quem não abre mão de visitar lugares onde a natureza predomina, Gramado também reserva belas surpresas.  Na divisa entre Gramado e Canela (cidade vizinha a Gramado) está a Cachoeira do Caracol.

Cachoeira do Caracol

Cachoeira do Caracol

Situada no Parque que recebe este mesmo nome, o local guarda lindas paisagens, dentre estas a cachoeira que pode ser apreciada da dos pés da escadaria que possui nada menos do que 900 degraus.  Os turistas que visitam o Parque do Caracol podem ainda passear de trem pelos jardins e fazer trilhas.
Também com uma beleza natural de tirar o fôlego está o Lago Negro de Gramado. Enganam-se aqueles que acham que o lago é chamado assim devido à tonalidade de sua água. O Lago Negro recebeu este nome porque as árvores que ficam ao redor do lago vieram diretamente da Floresta Negrada Alemanha.
Uma dica para fazer no Lago Negro é andar de pedalinho.

Lago Negro em Gramado

Lago Negro

Além da culinária, das belezas naturais de Gramado e dos eventos culturais, Gramado ainda possui outros atrativos como o comércio local, que conta com diversas lojas de roupas de lã, couro e lojas de móveis. E uma dica valiosa é que para aproveitar tudo isto que Gramado oferece aos turistas é preciso ficar no mínimo de 3 a 5 dias. E se depois de conhecer todas as belezas de Gramado, você ainda tiver pique, visite outras cidades da Serra Gaúcha, que valem a pena conhecer também.